Ex-atendente vira dona de duas franquias de depilação

Com retorno do investimento em apenas nove meses, a empreendedora mineira inaugura a segunda operação da D’pil

Depois de trabalhar por quatro anos como atendente na D’pil (www.dpilbrasil.com.br) de Macaé (RJ) e Angra dos Reis (RJ), a mineira Aurinívea Ragnelli aproveitou a sua experiência dentro da empresa, onde apreendeu a fazer de tudo, para inaugurar a sua primeira franquia da marca em Nova Iguaçu (RJ), em 2016. Após muita dedicação ao negócio, a empreendedora conseguiu em apenas nove meses o retorno do seu investimento.

“O segredo é você amar o que faz e entender bem de todos os processos da clínica”, explica a empresária. Ela conta que cuidou de toda a operação sozinha até conseguir contratar a primeira funcionária, além de investir no marketing por meio das redes sociais. “Mostrar o antes e depois das sessões de depilação ajudou a impulsionar e dar visibilidade à unidade bem mais rápido”, revela Aurinívea, que conta com a ajuda da cunhada, Celiane Cartaxo Ragnelli, sócia da unidade.

O sucesso levou a empreendedora a inaugurar a segunda franquia da D’pil, em outubro do ano passado, no município de Duque de Caxias (RJ), também na Baixada Fluminense. “Minha meta é chegar em 800 atendimentos por mês em cada loja, incluindo outros serviços, como designer de sobrancelhas e demais tratamentos estéticos”, informa.

Marca de Depilação já tem 302 unidades

A marca é pioneira no processo de fotodepilação, também conhecida como Luz Pulsada Intensa (IPL), que garante uma eliminação de pelos de maneira indolor e duradoura. “Esta técnica apresenta um bom custo-benefício quando se fala em depilação e resultado duradouro, o que faz a felicidade e facilita a vida da maioria das mulheres e homens, com resultados que formam a boa reputação da empresa”, diz Marlon Sampaio, diretor geral da D’pil.

Segundo o executivo, a fácil administração e o retorno rápido são fatores que impulsionaram a expansão da rede nos últimos anos. Hoje são 302 unidades franqueadas por todo o território brasileiro. Para comemorar os 10 anos da empresa, o investimento inicial passou de R$ 110 mil para R$ 75 mil, incluindo equipamentos, taxa de franquia, mobiliário, decoração e todo o suporte.

A estimativa de faturamento mensal para o franqueado é de R$ 40 mil e o tempo de retorno gira em torno de 14 meses. Para 2018, a marca pretende inaugurar 58 novas unidades no Brasil. “Procuramos pessoas com perfil empreendedor e dedicadas, para que cresçam junto com a marca”, diz.